Alimentação Natural ou Ração Transgênica?

Desde que adotei meu cãozinho Frederico, percebi que ele odeia ração, isso que troquei várias vezes de ração, mas não tem jeito, ele não gosta de nenhuma.

Então pra bem dele comer a ração todos os dias, tenho que disfarçar o sabor da ração com uns pedacinhos de peito de frango cozido só na água e sem sal, ou tirinhas de carne e legumes, as vezes migalhas de arroz.

Hoje ele tem quase 3 anos, e durante todo esse tempo, ele nunca demonstrou entusiasmo para comer ração, ele adora cenoura crua, beterraba, brócolis, couve flor, pedacinhos de carne. arroz ele ama, muitas vezes come a tal ração meio forçado. Mas por outro lado, Sei que os veterinários dizem que nada substitui uma boa ração, que elas possuem a dose certa de nutrientes, etc e tal.

Frederico comendo beterraba

Frederico comendo beterraba


Mas se fosse assim, nós humanos não comeríamos, arroz, feijão, carne, ovos, frutas e verduras, e sim pílulas com todos os nutrientes de que precisamos.

Uma das razões que não sou muito fã das rações, é que todas possuem aquele “T” de transgênico, parece que estou comprando veneno para meu filho de quatro patas, não acredito muito nas famosas rações, que prometem vida longa aos cães, e no entanto a maioria está morrendo de câncer, então, o que não quero pra mim, também não quero para meu cãozinho.

Por este motivo comecei a fazer pesquisas sobre alimentação natural para cães, foi quando eu li alguns artigos que defendem a alimentação natural. E fiquei pensando como deve ser horrível comer sempre a mesma coisa, com o mesmo cheiro, a mesma textura, e o mesmo sabor, todos os dias, a vida inteira, tendo um faro perfeito.

Dizem que com a alimentação natural, além de bem mais gostosa, o pelo fica mais brilhante, e o cão fica bem mais saudável.

10696166_928041813892386_4605692981028800032_nDecidi fazer um teste durante algum tempo, estou cozinhando arroz integral com cenoura, abobrinha, chuchu, vagem, carne desfiada ou frango, por enquanto estou misturando com um pouquinho de ração, mas futuramente, vou passar a alimentar meu cãozinho apenas com alimentação natural, também vou fazendo mudanças no cardápio, pra ele não enjoar.

Vocês nem imaginam como meu cãozinho Frederico amou!
Foi uma alegria quando ele viu o prato de comida caseira morninha, cheirando a comida de verdade. Os olhinhos dele ficaram brilhando, olhos de quem sente prazer no que está comendo.

De agora em diante, cão comendo sem prazer aqui em casa, nunca mais, e ração com T de transgênico também não vai existir mais.

Se você ama de verdade o seu cãozinho, experimente a alimentação Natural!

O que são trânsgênicos?

Um transgênico, ou organismo geneticamente modificado, foi criado em laboratório, uma espécie de enxerto de uma bactéria, vírus ou animal (ou uma mistura disso). Na Natureza este enxerto nunca pegaria pois as plantas, bactérias e animais são seres de reinos diferentes, e essa incompatibilidade é perigosa para a saúde humana e o ambiente.

As empresas multinacionais que os criaram e vendem não os testaram com rigor, por este motivo que muitos cientistas contestam a sua venda prematura.

O que são o milho e a soja transgênicos?

No milho, o enxerto é feito com uma bactéria (Bacillus thuringiensis) que produz um insecticida contra lagartas. O milho transgénico passa a produzir esse insecticida. No caso de outros transgênicos há variedades com resistência a herbicidas, principalmente o glifosato (mais conhecido pelo nome comercial de Roundup). Estas variedades não foram autorizadas na União Europeia para cultivo, mas são cultivadas no continente americano e, importados para a fabricação de rações.

O cultivo comercial de transgênicos começou nos Estados Unidos em 1994. Os transgênicos mais cultivados são a soja e milho. Na Europa os transgênicos estão todos canalizados para o mercado das rações, a indústria alimentar exclui os transgênicos das suas marcas de alimentos para consumo humano.

Os consumidores europeus não querem consumir transgênicos…Por que será?

Quer elogiar, perguntar ou criticar? Então comente!

4 Comentários on "Alimentação Natural ou Ração Transgênica?"

  1. carlos eduardo pereira | 14 de agosto de 2015 at 18:36 |

    Excelentes suas dicas, muito obrigado e os cãezinhos agradecem. Eu ia fazer um curso de “comida natural para cães” me inscrevi mas não pode ir… Queria perguntar, um pouquinho de sal será que faz mal pois estou desfiando a galinha e dando pra ele, sem tempero, mas com um pouquinho de sal ?? Valeu.

  2. Cães & Cachorros | 15 de agosto de 2015 at 13:27 |

    Oi Carlos Eduardo, não precisa de sal, o sal é prejudicial aos cães.

  3. Além de concordar plenamente, com a matéria

    Não somente concordo totalmente com a matéria sobre a alimentação natural, como também faço a comida dos meus cães. TODAS AS RAÇÕES DO MERCADO, IMPORTADAS OU NACIONAIS SÃO LIXOS, OU MELHOR, LIXO DO LIXO ! Pena que a maioria dos donos de animais não sabem disso e seguem as recomendações dos veterinários. Por sua vez, estes veterinários são influenciados pela indústria das rações. Está mais que evidente que as rações estão causando vários problemas à saúde dos nossos amáveis bichinhos. UM DELES É O CÂNCER.
    Hoje, existem veterinários que já sacaram isso e estão recomendando a comida natural caseira, com muito sucesso. Com isso, os peludos agradecem.

  4. Ração é lixo! Os conservantes, e o modo de fabricação, abrem as portas para câncer e outras doenças. Nunca os cachorros tiveram tantas doenças graves. Estamos enriquecimento empresários as custas da saúde de nossos amigos. O uso de transgênicos é só uma indicação da índole destas empresas.

Comente

Seu e-mail não será publicado


*