Como evitar as brigas durante o Passeio?

Para alguns donos a hora de passear com o cãozinho de estimação, pode virar um tormento, um momento que deveria ser de relaxamento pode se tornar um estresse. Alguns cães quando ficam adultos, ficam agressivos na presença de outros cães, latindo e querendo briga. O meu cãozinho era meigo e querido por todos da vizinhança, mas quando completou 1 ano, começou a latir para outros cães durante os passeios, então fui obrigada a castrá-lo, mas parece que foi tarde demais, pois ele já estava com 1 ano e meio, e continua cada dia mais estressado com os cães machos, estou numa luta constante, tentando modificar o seu comportamento, andei conversando com adestradores e vou começar o treinamento.

O comportamento de um cão se forma a partir da herança genética herdada de seus pais, somada ao ambiente em que ele vive, um cãozinho quando nasce já tem uma tendência a agressividade, mas se ele for bem tratado e socializado pelos seus donos, ele vai se desenvolver com comportamento sociável e dócil.

A agressividade é uma disputa da liderança!

. De acordo com adestradores, são muitos os motivos, pelos quais os cães se comportam assim, desde medo, insegurança até ansiedade, mas depende também da personalidade do cão, da maneira que ele é educado e tratado e dos estímulos que ele recebe em casa e na rua.

. Nem sempre a família que convive com o cão, percebe os primeiros sinais de agressividade. O fundamental é perceber que o cão está agindo de forma errada o quanto antes. Muitos donos não percebem que a agressividade está se manifestando aos poucos e sua tendencia é aumentar, por isso é importante começar a tratar assim que os primeiros sinais de agressividade aparecem.

. A castração dos machos é uma das medidas para tratar a agressividade. O hormônio(testosterona), não é a causa da agressividade, mas aumenta a intensidade da agressão. Estudos comprovam que 62% dos machos castrados apresentam melhora na agressividade. Se o seu cão macho estiver demonstrando sinais de agressividade, castre-o o mais rápido possível. O bom é castrar o cão antes de começar os sinais de agressividade, antes de 1 ano, muitas vezes, deixar manifestar a agressividade, para depois castrar, pode diminuir o sucesso da castração como tratamento.

Dicas de tratamento para cães agressivos:

Foto Divulgação

Foto Divulgação

. Quando o dono não assume o papel de líder, o cão acredita que o líder deva ser ele. Ser um líder é dar limites ao cão, é mostrar o que ele pode ou não fazer. Ao darmos limites ao nosso cão estamos mostrando a ele que este papel cabe a nós. Mas não agrida o seu cão por ser agressivo, só vai gerar mais tensão, ansiedade e agressividade.

. Se ele tentar atacar outros cães na rua, mude de direção, distraia-o com outra coisa, tente tirar o foco da briga. O modo como o dono reage também influencia o comportamento do animal, então não mostre ansiedade e tensão. É importante que o seu cão tenha consciência que você é o dono dele, e não o contrário, só assim ele irá te respeitar e aceitar as suas ordens. Procure fazer seu cão associar a presença de outros cães com divertimento.

. Uma outra punição para os cães é o isolamento social. Se o cão demonstrar agressividade durante o passeio, leve-o para casa imediatamente após a agressividade e, deixe isolado em uma peça, por somente 5 minutos. Se ele estiver raspando a porta, chorando ou latindo, faça um barulho, para ele parar e só abra a porta depois que ele se acalmar. Depois haja com naturalidade, não continue demonstrando insatisfação, dando bronca, nem faça carinho.

Durante o passeio…

O passeio é o momento para o dono interagir com o cão, para ele conhecer diferentes lugares, cheiros e novidades. É nessa hora que o cãozinho, além de fazer as suas necessidades, ele também se exercita, fareja, gasta as unhas e se diverte bastante.

Mas ao cheirar os postes, ele fica sabendo todas as informações dos cães que passaram por ali, o cheiro pode provocar a disputa da liderança. Então faz parte do treinamento, o dono impor a sua vontade. Continue andando, não permitindo que ele pare, e se preciso encurte a guia. Sem permitir que este comportamento se torne um hábito. E quando seu cão ameaçar ir em direção ao poste puxe a guia e diga “Não”.

. Leve o cão sempre preso na guia, para facilitar o controle em situações inesperadas.

. Na presença de outro cão, disfarce a ansiedade sem puxar a guia, pois ele pode associar isso a um sinal de perigo.

. E toda vez que ele se comportar bem ao chegar perto de um cão estranho ele deve ser recompensado, assim o cão irá associar a experiência com uma recompensa positiva. Dê petiscos se ele se comportar, ou ignore e continue andando, mas nunca dê o prêmio se ele demonstrar agressividade.

. Se o cão latir para outros cães, impeça o comportamento trabalhando a socialização. Seja líder, e mostre que você é quem impõe as regras.

. Ande sempre com um spray de água, se o seu cão começar a latir e tentar atacar, espirre água que ele se acalma.

. O treinamento pode levar um bom tempo até que o cão melhore seu comportamento. Caso você não obtenha sucesso, procure a ajuda de um adestrador.

Boa Sorte e bom Passeio!

Comentários

Um comentário para: Como evitar as brigas durante o Passeio?

  1. Olá, tudo bem? Eu tenho um cachorro que faz muita bagunça, hoje mesmo ele deu uma mordida no meu sofá e fez um estrago. Eu estou procurando o máximo de dicas pra fazer o meu cão ser mais educado, pois ele não tá nem ai com nada. É só eu sair um pouquinho de casa que ele faz a festa. Eu não brigo com ele, pois eu gosto muito dele, mas eu queria que ele fosse mais educado. Você pode me dar uma ajuda? Ou me dar uma dica? Muito obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *