Brincar com cães, melhora o humor e o estresse das pessoas

A ciência já comprovou que as pessoas que têm cães vivem uma vida mais saudável e feliz!

Goto divulgação

Foto divulgação

Segundo estudos ao brincar com os animais, os níveis de serotonina e dopamina aumentam, enquanto os de cortisol diminuem. Ao acariciar um cão de estimação nosso organismo libera oxitocina, um hormônio relacionado ao vínculo emocional, o contato produz uma sensação de calma e bem-estar em ambos, dono e cão. Da mesma forma, brincar e passear com cães ajuda a relaxar e a aliviar a tensão, reduzindo os níveis de estresse.

De acordo com a pesquisa os pacientes que tinham animais em casa, receberam alta de hospitais mais cedo, pois a ideia de voltar para casa e contar com a companhia e afeto de seus cães aumentava a sensação de bem-estar. Os pesquisadores constataram que uma pessoa ao brincar com seu animalzinho de estimação, libera oxitocina o hormônio do prazer, afastando o estresse e a depressão. Este hormônio está ligado ao sentimento de amor e amizade. A descoberta foi feita por estudiosos de uma universidade do Japão, os voluntários tiveram os níveis de oxitocina da urina analisados 30 minutos após brincarem com seus animais de estimação.

Os estudiosos ainda descobriram que adotar um cão como animal de estimação é semelhante a ter filhos, pois as experiências vividas pela companhia dos cães são às mesmas da maternidade.

Todo dono de cão sabe, que eles adoram brincar e passear, então não esqueça de passear todo dia com seu cãozinho, pois cães cansados não tem tempo de fazer arte. E quando sair para trabalhar, deixe uma camiseta usada com ele, o cheiro do dono faz com que ele não se sinta tão sozinho.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

E ainda tem muita gente que maltrata os animais!

“Cães amam seus amigos e mordem seus inimigos, bem diferente das pessoas, que são incapazes de sentir amor puro e têm sempre que misturar amor e ódio em suas relações.”
Sigmund Freud

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *